Manaus, 12 de Julho de 2020
Call Center: 0800-0922626 / (92) 2121-6490

Data Center PRODAM

Alta disponibilidade e segurança dos dados

Data Center

Sistemas de informação

Desenvolvimento de soluções em software sob medida

Sistemas de Informação

Serviço de Infraestrutura

Projetos de redes elétricas e lógicas

Serviços de Infraestrutura

Serviços de Rede

Serviços especializados de rede

Serviços de Rede

Assistência Técnica

Suporte e assistência técnica

Assistência Técnica

PRODAM participa do lançamento do CRLV Digital

A partir desta terça-feira (18), os proprietários de veículos do Amazonas também poderão imprimir o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) em papel comum na sua própria casa, com a mesma validade do documento oficial. O documento impresso em folha comum será validado por um QR Code específico. A novidade foi anunciada, na tarde de ontem (18), pelo diretor-presidente do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), Rodrigo de Sá, na sede da instituição, e está disponível apenas para pessoa física.

O proprietário de veículo também poderá emitir a segunda via pela internet, sem precisar agendar o atendimento e nem pagar taxa de vistoria, uma economia de R$ 160,92, além da praticidade de imprimir o documento de casa ou do local de trabalho em uma impressora comum. O documento para impressão está disponível por meio do APP “Carteira Digital de Trânsito” ou no portal de serviços do Detran-AM (https://digital.detran.am.gov.br/), após o cadastro. Confira o passo a passo ao final do texto.

“O CRLV Digital, além de ser uma comodidade para a população, também é um item que vem contribuir com a segurança pública. A população, a partir de agora, vai poder imprimir o documento da sua própria casa, não necessitará vir até ao Detran para imprimir esse documento em papel moeda. Isso é um ganho do ponto de vista social enorme. A população vai economizar dinheiro. Para aquelas pessoas que estão fazendo o licenciamento do seu veículo, basta que paguem a taxa de licenciamento. Elas não precisarão vir até ao Detran para imprimir o documento. Elas vão poder imprimir de suas próprias casas”, disse o diretor-presidente do Detran-AM, Rodrigo de Sá.

Desburocratização – A implantação da comodidade faz parte da estratégia do Governo do Amazonas para desburocratizar o atendimento no serviço público. Após o Detran-AM adotar, em fevereiro de 2019, o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo Digital (CRLV-e), a instituição implementa mais essa nova comodidade do documento digital. Ao disponibilizar a nova opção, o Detran-AM está cumprindo, antes do prazo final de 30 de junho de 2020, a determinação do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) para que os Detrans do Brasil adotem o documento digital. O Amazonas é o 10º Estado a oferecer a opção de impressão em papel comum.

“Nós aderimos, em fevereiro do ano passado, ao CRLV Digital, mas ainda no formato que simulava o papel moeda e aquilo era utilizado tão somente no celular. A metodologia persiste, você ainda tem que usar no celular para apresentar numa fiscalização. Você precisa estar com o celular carregado no aplicativo ‘Carteira Digital de Trânsito’ para apresentar ao agente de trânsito. Agora você vai ter mais uma opção. Você vai poder imprimir na sua própria casa e em papel A4. A grande novidade é a total virtualização desse documento. O documento mudou de formato, ele não é mais inserido naquele contexto do papel-moeda, é formatado para um documento indexado em PDF que pode ser impresso em papel A4 da própria casa. E a grande novidade é que o usuário não vai mais precisar vir até o Detran nem ter a obrigatoriedade do papel-moeda”, reforçou Sá.

Integração – No Amazonas, a tecnologia desenvolvida pelo Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), foi implementada pelo Governo do Amazonas, por meio do Detran-AM e da Empresa de Processamento de Dados do Amazonas (Prodam). Conforme a deliberação do Contran, o documento somente será expedido após a quitação dos débitos relativos a tributos, encargos e multas de trânsito e ambientais, vinculados ao veículo, bem como do seguro Obrigatório de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestres (DPVAT).

O presidente da Prodam, João Guilherme Moraes, ressalta que a empresa realizou reuniões com o Serpro para o alinhamento da integração. “A Prodam faz parte do grupo de transformação digital do governo federal para que a gente possa implantar essa transformação digital no Amazonas e isso começou pelo Detran”, reforçou Guilherme.

Como solicitar o CRLV-e – O condutor deve realizar o download do aplicativo “Carteira Digital de Trânsito”, que está disponível no Google Play (Android) e no APP Store (iOS), apenas para pessoa física. Depois de baixado, é necessário fazer o cadastro de usuário no próprio aplicativo e, então, adicionar o CRLV Digital, informando os mesmos dados. Para solicitar não é preciso possuir a CNH Digital e também não há necessidade de ir ao Detran-AM. O CRVL digital possui todas as informações do documento impresso e um QR Code, que pode ser lido para atestar a veracidade do documento em uma abordagem de trânsito.

O CRLV Digital pode ser compartilhado para até cinco pessoas, substituindo o documento físico, desde que o usuário/condutor também possua cadastro no aplicativo “Carteira Digital de Trânsito”. O usuário que receber o documento, por meio do compartilhamento, poderá apresentar a versão eletrônica em uma blitz.

Portal de Serviços Detran-AM – O proprietário de veículo também pode imprimir o documento em papel comum após cadastro no “Detran Digital”. O primeiro passo é acessar o portal https://digital.detran.am.gov.br/, e escolher a opção “Fazer Cadastro”. Em seguida preencher os dados pessoais – o e-mail é obrigatório e é a partir dele que o usuário poderá recuperar sua conta-, “Salvar o Cadastro”.

Após salvar o cadastro, o usuário receberá um e-mail de confirmação para confirmar o cadastro. Depois de realizar o cadastro no “Detran Digital”, o usuário acessa o portal na opção “Entrar”, informar CPF e senha onde terá acesso ao CRLV Eletrônico que também poderá ser impresso em folha comum.

//