Manaus, 15 de Setembro de 2019
Call Center: 0800-0922626 / (92) 2121-6490

Data Center PRODAM

Alta disponibilidade e segurança dos dados

Data Center

Sistemas de informação

Desenvolvimento de soluções em software sob medida

Sistemas de Informação

Serviço de Infraestrutura

Projetos de redes elétricas e lógicas

Serviços de Infraestrutura

Serviços de Rede

Serviços especializados de rede

Serviços de Rede

Assistência Técnica

Suporte e assistência técnica

Assistência Técnica

Para executar o projeto de transformação digital do Amazonas, Prodam triplica sua capacidade de memória em ambiente virtual

O governo do Amazonas está avançando no plano de transformação digital do estado. Para implementar os projetos Governo Digital e Cidadão Digital, a empresa Processamento de Dados Amazonas S.A (Prodam) acaba de adquirir quatro servidores Nutanix para o seu datacenter. Os novos equipamentos possuem, cada um, 512G de memória e, somados aos quatro servidores já instalados (com 256 G de memória, cada), a Prodam conta agora com uma capacidade de 3 TB de memória em seu ambiente virtual. 

Segundo o diretor-presidente da Prodam, João Guilherme de Moraes Silva, a transformação digital do Amazonas passa pela modernização do parque tecnológico da Prodam. “O Governo do Amazonas entende que investimentos em tecnologia se revertem em maior controle, economia e eficiência na gestão pública, além da prestação de melhores serviços aos cidadãos. Por isso, mesmo em meio à crise, continuamos avançando na modernização do datacenter do Estado”, afirma.

As áreas de educação e trânsito são os carros-chefes do projeto Cidadão Digital do governo. “Iniciativas como matrícula online, diário digital e o supletivo eletrônico já estão consolidadas e aproximam a população dos serviços públicos. Na área de trânsito, a Prodam desenvolveu o Detran Digital, um portal que facilita o acesso aos serviços de trânsito”, explica João Guilherme.

Outras iniciativas já estão em andamento e devem ser entregues ainda neste ano, caso da solução que a Prodam está desenvolvendo para a Secretaria Estadual de Assistência Social (SEAS), com o objetivo de acompanhar e controlar os projetos celebrados entre a administração pública e as Organizações de Sociedade Civil (OSC), garantindo transparência no repasse de verbas públicas para o financiamento de projetos de assistência social.

 Plataforma hiperconvergente – A modernização do parque tecnológico da Prodam iniciou em março de 2018, com a migração dos sistemas hospedados no Mainframe para a plataforma hiperconvergente. A nova plataforma reduz drasticamente as vulnerabilidades da TI na adaptação às mudanças das necessidades de negócios e de tecnologia. Isso acontece porque, ao adotar a hiperconvergência, a responsabilidade de gerenciar recursos de armazenamento, processador e memória ficam por conta do software. Assim, um datacenter que antes era constituído por diversos equipamentos como storages especializados, servidores, switches SAN, concentra-se em uma estrutura mais enxuta, gerando cada vez menos pontos de falhas.