Manaus, 19 de Novembro de 2017
Call Center: 0800-0922626 / (92) 2121-6490

Colaborador da PRODAM participa de maratona internacional

O destaque do Diário PRODAM de hoje é o colaborador Deiwe Pereira Furtado, chefe da Divisão de Negócios (DINEG) e maratonista. Ele está entre os dois representantes do Amazonas na mais famosa maratona do mundo, a Comrades Marathon na África do Sul. Em entrevista ao Diário Prodam, o colaborador nos contou sobre sua história de superação e os próximos desafios. Confira:

Como você se tornou um maratonista?

Já sou maratonista amador há algum tempo, tendo várias maratonas realizadas. Entrei para o mundo das corridas em 2013, para comemorar a recuperação da minha saúde. Por mais de 20 anos da minha vida fui obeso, pesando mais de 135 Kg, e pouco antes de tomar a decisão de mudar meu estilo de vida, já vinha sofrendo com diversos problemas de saúde ocasionados pela obesidade. 

Mais recentemente comecei a achar que poderia ir mais longe. Hoje sou treinado por uma assessoria esportiva, tenho acompanhamento nutricional voltado para o esporte que pratico e faço outras atividades de reforço muscular voltado para a corrida. Tenho um bom condicionamento físico, o que me levou a pensar em aumentar as distâncias. 

Como foi correr sua primeira ultramaratona (75km)?

A ultramaratona Bertioga-Maresias, em São Paulo ocorreu no dia 21/10 e foi extremamente dura, principalmente nos últimos 15Km onde temos que cruzar uma serra para chegar à Maresias. Além de ser um trecho muito pesado de ladeiras que parecem não ter fim, o corpo já vem muito sobrecarregado dos mais de 60 km que já foram percorridos. Os primeiros 60km também não foram fáceis, pois mais de 90% da prova foi na areia. Cheguei exausto, mas cheguei bem. Concluí a prova em 9 horas.

Quais são os próximos desafios?

O próximo desafio será “8 Horas de Corrida – ultramaratona e Revezamento”, que ocorrerá, neste sábado (11/11), a partir das 21hs. O circuito é montado na avenida das Torres, no trecho que passa por cima do Igarapé do Mindu. Minha meta é superar os 70 km em 8 horas.  Também pretendo participar em dezembro de uma prova beneficente chamada de 90 Km solidário. Cada participante doa alimentos que serão entregues a instituições beneficentes locais.

Você já tem planos para 2018?

Para o próximo ano ainda tenho a Maratona de São Paulo, em abril de 2018 que servirá de qualify para aquilo que considero o auge da minha humilde carreira de corredor. Essa corrida definirá a posição que largarei na Comrades Marathon na África do Sul.

A Comrades merece um capítulo à parte. Ela é chamada de rainha das ultramaratonas, sendo a mais famosa do mundo. A corrida acontece sempre entre duas cidades Sul Africanas, uma é Pietermaritzburg e a outra é Durban. Sua extensão é de 89 Km, sendo realizada em sentidos opostos todos os anos. A altimetria da prova é insana havendo uma diferença de mais de 800 metros de altitude entre o ponto mais alto da prova e o mais baixo. É uma das provas mais duras e belas do mundo.

Deiwe vai representar o Brasil

Em 2018 serão 235 atletas brasileiros. A segunda maior delegação internacional da prova que conta com 22 mil corredores. Do Amazonas somente dois atletas participarão, eu sou um deles, e o outro é meu amigo André Costa.

A entrevista na íntegra você pode ler aqui.