Manaus, 19 de Novembro de 2017
Call Center: 0800-0922626 / (92) 2121-6490

CGL/AM busca parceria com a PRODAM para modernizar a área tecnológica

 

 O presidente da Comissão Geral de Licitação do Estado do Amazonas (CGL/AM), Victor Cipriano esteve na PRODAM, na última sexta-feira (27/10), para uma reunião com o diretor presidente da empresa, Fábio Naveca. No encontro foram discutidas ações para revitalizar a área tecnológica da CGL/AM.

         O armazenamento do acervo documental do órgão que será digitalizado, a hospedagem do servidor de dados, a manutenção de equipamentos físicos, a atualização de softwares e a ampliação dos serviços de internet foram alguns dos assuntos tratados na reunião. “A CGL já é um usuário dos serviços da Prodam. Porém, buscamos ampliar essa parceria, pois nosso principal objetivo, atualmente, é a digitalização de todo o acervo documental da CGL. Para fazer essa digitalização, precisaremos da PRODAM para que a empresa possa nos fornecer ferramentas que facilitem esse processo. Nosso projeto é o de modernizar a CGL e nenhum órgão é mais indicado para nos ajudar nesse sentido do que a PRODAM”, destacou Victor Cipriano.

         Para o diretor presidente da PRODAM, Fábio Naveca, a parceria com a CGL/AM é fundamental para tornar mais efetivos os serviços prestados pelo Estado. “Toda a capacidade da Prodam estará à disposição para servir da melhor maneira possível a CGL”, disse Naveca, ao ressaltar que a PRODAM possui, hoje, uma equipe altamente qualificada para atender às necessidades dos projetos governamentais.

 Digitalização do acervo

         As equipes técnicas da Comissão Geral de Licitação do Estado do Amazonas (CGL/AM) e da Agência Amazonense de Desenvolvimento Econômico e Social (AADES) iniciam, na próxima segunda-feira (30/10), a elaboração do projeto de digitalização de todo o acervo documental físico da CGL/AM. Ao todo, serão digitalizados 49.856 documentos, incluindo os cadastros das empresas e os processos licitatórios – tanto em andamento, quanto os arquivados.

         De acordo com o presidente da CGL/AM, Victor Cipriano, o projeto deverá ficar pronto em um prazo de até 30 dias. “É o start para a mudança de paradigma na gestão da CGL”, afirmou Cipriano, ao ressaltar que a iniciativa inédita poderá ser expandida para outros órgãos da administração estadual, que detêm um considerável acervo físico.

         Pela primeira vez desde que foi implantada no final da década de 1990, a CGL/AM vai digitalizar todo o seu acervo físico de processos e de cadastros de empresas. A medida deve melhorar os procedimentos da comissão com a diminuição de custos, a redução da burocracia e o aumento da agilidade no atendimento à população.

         A digitalização faz parte da nova política de gestão adotada pelo presidente da CGL/AM, Victor Cipriano, que determinou a modernização de todos os trabalhos da comissão responsável pelas compras do Estado. Segundo ele, a medida vai trazer também economia, mais transparência e rapidez no atendimento as empresas interessadas em vender para o estado.

         “A digitalização do acervo é um marco na história da CGL/AM e faz parte da política de modernização da comissão, que conta com o apoio do governador Amazonino Mendes. A digitalização do acervo da CGL/AM é uma prioridade dessa nova gestão”, salientou Cipriano.

Fonte: Ascom Prodam/CGL AM