Manaus, 12 de Dezembro de 2017
Call Center: 0800-0922626 / (92) 2121-6490

Parceria com universidades contribui para desenvolvimento de tecnologias na PRODAM

Imagem1Com o objetivo de estreitar os laços com o meio acadêmico, a empresa Processamento de Dados Amazonas S. A. (PRODAM) tem realizado parcerias com universidades. A iniciativa tem contribuído para o desenvolvimento de projetos da empresa e ajudado na formação de futuros profissionais capazes de criar soluções adequadas às necessidades das organizações.

O diretor técnico da PRODAM, Daniel Tadeu Martinez Castello Branco, aponta que essas parcerias têm proporcionado uma troca de conhecimento das tecnologias e das metodologias mais utilizadas no mercado. “Através do Grupo de Pesquisa de Usabilidade e Engenharia de Software, da Universidade Federal do Amazonas (UFAM), conseguimos utilizar a inteligência artificial no desenvolvimento do projeto do Amazonas na Palma da Mão, por exemplo”, revela. A ferramenta deverá ser lançada em breve e vai reunir os principais serviços do Governo do Amazonas em um aplicativo para dispositivos móveis.

De acordo com a engenheira de software Natasha Valentim, que faz parte do grupo de pesquisa da UFAM, a parceria tem permitido aplicar propostas em um ambiente industrial. “Através dessa aplicação podemos evoluir nossas propostas para que elas atendam a demanda para a indústria de software”, comentou.

Por meio de avaliações de usabilidade de software e aplicativos desenvolvidos pela PRODAM, o grupo de pesquisa identificou problemas de usabilidade antes que o produto fosse entregue ao usuário final. “Dessa forma, as equipes tiveram a oportunidade de melhorar seus softwares, tornando-os mais fáceis e intuitivos para o público”, apontou Natasha Valentim.

Outro projeto desenvolvido pela PRODAM e que se beneficiou com a parceria foi o Sistema de Gestão dos Serviços de Assistência Técnica e Extensão Rural e Florestal (SIGATER), em fase final de desenvolvimento e que será utilizado pelo Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (IDAM).

O sistema foi concebido para tornar mais prático e eficiente o fluxo de informações sobre as atividades agropecuárias e florestais geradas aos assistidos pelo IDAM, além de gerar estatísticas confiáveis, automatizadas e transparentes dos resultados e produtos obtidos.

A iniciativa auxilia ainda na elaboração de propostas e de projetos que serão concedidos pelo crédito rural em diversas linhas de financiamento. “Graças à equipe de Usabilidade e Engenharia de Software, pudemos implantar no sistema diversas melhorias, entre elas a validação do produto com o usuário final”, disse Daniel.

Atualmente, a PRODAM também possui uma parceria na área de Segurança de Informação com a Universidade Federal do Paraná (UFPR), o que tem contribuído para um avanço importante em diversos aspectos da proteção das informações.

“Antes, nosso contato com as faculdades e centro de pesquisas se limitava às visitas técnicas, mas agora queremos estar lá dentro dessas instituições para alinhar conhecimento e demanda de mercado”, aponta Daniel, que também acredita que as parcerias são uma forma de mostrar aos colaboradores da PRODAM a importância da educação contínua, podendo inclusive surgir parcerias em projetos de pesquisa, além de publicação de artigos.