Manaus, 11 de Dezembro de 2017
Call Center: 0800-0922626 / (92) 2121-6490

Matrículas realizadas via Internet aumentam em mais de 819% no AM

O total de matrículas feitas via Internet para a rede pública de ensino, estadual e municipal, já registra um aumento de mais de 819,61% em 2016 em comparação a 2015. Foram realizadas mais de 176.477 requisições de matrículas do dia 11 a 27 de janeiro, sendo, destas, 103.852 feitas totalmente online. No ano passado, das 157.793 solicitações, apenas 11.293 foram feitas via internet.

O resultado deve-se à parceria entre as secretarias de Estado e do Município de Educação com a Empresa de Processamento de Dados Amazonas S.A – PRODAM, a partir do uso de um sistema que possibilita a efetivação de todas as matrículas online, pelo site www.matriculas.am.gov.br.

O resultado dessa parceria foi percebido com o término das enormes filas que se formavam nos anos anteriores nas escolas, em um processo que levava centenas de pais e responsáveis pelos alunos a amargarem horas de espera, madrugada adentro, para conseguirem um atendimento e uma vaga.

Do total de matrículas realizadas este ano, ao todo 98.454 foram para a rede estadual de ensino, sendo, mais de 57.500 delas, realizadas via internet, representando 1.014,44% a mais que no ano passado. A rede municipal também registrou aumento significativo, cerca de 655,70% matrículas a mais que em 2015. De acordo com o supervisor de manutenção de sistemas de educação na PRODAM, Aquiles Freitas Ventilari, por conta da adesão da matrícula online a população não necessitou mais ir de madrugada para as escolas, tomar sol e chuva. “Desde o primeiro dia a PRODAM colocou uma equipe para realizar o monitoramento do sistema de matrículas, visando a atender às demandas e se preparar para quaisquer eventualidades”, comentou.

Comparado ao ano passado, as solicitações de matrícula presencial caíram em 50,43%. “Foram cerca de 72.625, enquanto que em 2015 houve 146.500”, informou o supervisor da PRODAM, que acredita que no próximo ano este número deve sofrer uma queda ainda maior.

O diretor técnico da PRODAM, Daniel Tadeu Martinez, adianta que a PRODAM irá trabalhar no próximo ano para aumentar ainda mais a capacidade do site para que mais uma vez a população tenha tranqüilidade para a realização de matrículas e transferências. Além disso, a empresa também irá desenvolver um aplicativo móvel para a realização do serviço.
“Notamos que 40% dos acessos no site de matrículas eram realizados via dispositivo móvel e isso mostra que as pessoas estão cada vez adeptas a praticidade e comodidade proporcionada pelo smartphone e tablet”, salientou Martinez.