Manaus, 23 de Setembro de 2017
Call Center: 0800-0922626 / (92) 2121-6490

Diretoria da PRODAM participa de reunião da ABEP, em Natal

NATAAL

Natal será palco da reunião da ABEP

          Nesta quinta e sexta-feira (18 e 19 de junho) acontece em Natal (RN) mais um encontro da Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Tecnologia da Informação e Comunicação (ABEP). O diferencial desta edição é que participarão do evento, realizando atividades conjuntas, diretores técnicos, administrativo-financeiros e gerentes técnicos das entidades associadas. Os representantes da PRODAM são a diretora administrativo-financeira, Paula Gabriele Monteiro, e o assessor da Presidência, Aristóbulo Angelim.

       Um dos destaques do evento será a apresentação, pelo assessor Aristóbulo Angelim, das ações que a ABEP já realizou na área da Segurança da Informação. “O objetivo é nivelarmos as informações sobre o que já fizemos para dar continuidade às ações. Ainda precisamos avançar em muitas frentes na área da segurança da informação e a orientação da presidência é que coloquemos a PRODAM à disposição para liderar esse processo junto a todas as associadas”, explicou Aristóbulo.

       Além da segurança da informação, também serão discutidos assuntos técnicos como Engenharia de Software e Infovias Digitais. Já na área administrativa, temas como Liderança e Motivação, Coworking e Plano de Preparação para a Aposentadoria fazem parte da pauta do evento.

          Em tempo:  a ABEP oferece as passagens e uma ajuda de custo para as hospedagem dos representantes da PRODAM na reunião.

Manaus sediará reunião da ABEP em novembro

       A PRODAM será a organizadora da reunião conjunta de Diretores Administrativo-Financeiros e de Presidentes das associadas da ABEP, prevista para ocorrer nos dias 26 e 27 de novembro de 2015. Para a chefe da DIRAF da PRODAM, Paula Gabriele, participar da reunião desta semana é uma oportunidade de verificar as necessidades para a organização da reunião que sediaremos. “Será minha apresentação nas reuniões da ABEP, além de aproveitar os temas propostos, entre eles o Plano de Demissão Voluntária que é muito esperado pelos colaboradores, estarei atenta no levantamento das necessidades para que o evento possa ser um sucesso em Manaus””.

Sobre a ABEP

       Criada em 1977, a Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Tecnologia da Informação e Comunicação – ABEP é uma entidade de apoio institucional às associadas e atua na promoção e fortalecimento da cooperação entre elas. Entre seus principais objetivos estão: fomentar a informática pública como ferramenta de aumento de produtividade do Estado, disponibilizando informações e serviços no atendimento ao cidadão; integrar e compartilhar esforços e recursos da informática e informação entre os Estados, e desses com os governos Municipais e Federal; difundir a tecnologia nacional, representar e defender os interesses da Informática Pública; manter intercâmbio com associações congêneres nacionais e internacionais e cooperar com os organismos encarregados da formulação política, padrões e normas de informática.

       A ABEP promove reuniões e divulgações de informações, em seus três fóruns setoriais: Conselho de Associadas, Fórum de Diretores Administrativos-Financeiros e Fórum de Diretores Técnicos. Atua ainda na realização anual do SECOP – Seminário Nacional de TIC para Gestão Pública e do Prêmio Excelência em Governo Eletrônico (Prêmio e-Gov), bem como no intercâmbio com entidades públicas e privadas na promoção e disseminação de soluções junto à comunidade além de ser também uma referência na elaboração de leis e normas para a informática.

Sobre as Associadas

       As entidades associadas da ABEP atuam na busca da modernização administrativa, aliada à qualidade e produtividade dos serviços que os governos estaduais prestam à sociedade em setores como os de educação, saúde, transportes, segurança pública, habitação, entre tantos outros. Estruturadas como sociedades de economia mista ou outra forma jurídica de organização, as entidades estaduais de informática procuram, constantemente, a reciclagem tecnológica, apresentando as melhores soluções ao administrador público no seu processo diário de tomada de decisão, contribuindo para a racionalização dos serviços prestados a comunidade.