Manaus, 27 de Junho de 2017
Call Center: 0800-0922626 / (92) 2121-6490

PRODAM apresenta balanço dos atendimentos realizados durante o período de matrícula nas redes estadual e municipal

A empresa Processamento de Dados do Amazonas (PRODAM), do Governo do Estado, apresentou o balanço dos atendimentos realizados pelo Sistema Integrado de Gestão Educacional do Amazonas (SIGEAM) durante o período de matrículas da rede estadual e municipal de educação. A PRODAM, que gerencia o sistema, informa que o processo ocorreu sem registro de panes e que 192.541 atendimentos, em todos os munícipios do Amazonas, foram realizados.

Infografico-Matriculas-2015

Infográfico apresenta dados sobre o processo de matrícula de 2015

Em 2013 o SIGEAM passou a funcionar de maneira integrada na realização das matrículas das secretarias Estadual e Municipal de Educação (Seduc e Semed). Essa integração refletiu na diminuição do números de atendimentos realizados este ano, conforme explica o diretor presidente da PRODAM, Tiago Monteiro de Paiva, “em 2014 foram realizados 217.808 atendimentos, essa diminuição já era esperada, uma vez que com as redes estaduais e municipais de educação integradas o processo de matrícula se torna mais eficiente”. Os atendimentos são realizados apenas para alunos que estão ingressando no ensino público, ou que estavam parados e querem voltar a estudar, além das dos estudantes que optaram por trocar de escola em 2015.

O processo de realização das matrículas é complexo e envolve diversos setores da PRODAM, como destaca o presidente da empresa. “Nosso objetivo é garantir que mais de 1.300 pontos de matrícula funcionem em tempo real em todo o Amazonas, é mais que um trabalho, é uma missão complexa que exige da nossa equipe comprometimento e experiência para superar todos os desafios”, afirma. 

Melhorias

Desde 2013,quem busca vagas nas escolas da rede estadual e municipal tem a opção de ser atendido pela internet (www.matriculas.am.gov.br) ou de forma presencial. Pela internet, este ano, foram realizados 11.793 atendimentos e no presencial 180.748. Segundo o líder de manutenção de sistemas de Educação da PRODAM, Aquiles Ventilari, a parceria entre a Seduc e Semed está fazendo com que menos pessoas procurem o atendimento presencial, na hora da matrícula. Nessa modalidade, em 2014, foram 203.708 atendimentos.

Para atender a demanda deste ano, o site de matrículas da rede pública recebeu um servidor mais potente e de uso exclusivo. Além disso, foi implementado no site a busca de vagas por bairro. Com isso, o processo de reserva de vaga tornou-se ainda mais simples. “O planejamento foi feito para que o sistema respondesse rapidamente a todas as requisições”, disse Aquiles.

Integração

Segundo o gerente de Tecnologia da empresa, Salim Silva David, o resultado do processo de matrícula em 2015 se deve ao planejamento e integração dos setores de tecnologia, produção e desenvolvimento da PRODAM. “Desde 2014, a empresa tem trabalhado para melhorar o sistema, garantindo tranquilidade aos usuários”, disse ele.

Além do trabalho integrado entre os setores, o gerente de Tecnologia acredita que o investimento na estrutura da empresa foi essencial para atender a demanda do serviço de matrículas. “Foram adquiridas novas tecnologias, que permitiram ao sistema funcionar sem problemas, durante todo o período de matrícula”, acrescentou.