Manaus, 24 de Junho de 2017
Call Center: 0800-0922626 / (92) 2121-6490

PRODAM promoverá encontro com clientes do SPROweb

Nesta terça-feira (30), a empresa Processamento de Dados do Amazonas S/A (PRODAM) irá promover o Fórum SPROweb, voltado para clientes e parceiros. O evento será realizado no auditório da PRODAM, no horário de 8h às 12h. O objetivo do fórum é gerar integração com os clientes do sistema SPROWeb, que poderão propor sugestões de novas funcionalidades para o programa. De acordo com o diretor presidente do órgão, Tiago Paiva, trata-se de uma ação estratégica da política de pós-venda da PRODAM, que faz o acompanhamento de satisfação dos parceiros que já adquiriram produtos desenvolvidos pela empresa.

Desenvolvido pela PRODAM em 2009, o SPROweb é um software destinado ao controle de protocolo e que deve ter suas funcionalidades ampliadas. É utilizado atualmente em 20 órgãos da administração estadual, entre os quais, as secretarias de Educação, Planejamento e Infraestrutura (Seduc, Seplan e Seinfra), além da Casa Civil, Fundação de Amparo à Pesquisa do Amazonas (Fapeam), Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran/AM), Comissão Geral de Licitação (CGL), entre outros. 

Uma das principais funções do SPROweb é a localização virtual de documentos físicos. “O documento recebido no protocolo do órgão é cadastrado no sistema e recebe o número de identificação. Ao inserir esse número de protocolo na interface do programa, o usuário pode saber em que setor se encontra o documento físico, acompanhando o status do seu atendimento ou do processo em andamento”, explica a supervisora de pós-venda da Prodam, Anne Bandeira. O sistema é acessado via internet.

A programação do evento inclui apresentação sobre a contextualização do software em relação às tecnologias de Gestão Eletrônica de Documentos, além de um fórum para a apresentação de sugestões e melhorias pelos clientes. A apresentação será ministrada pelo chefe da Supervisão de Sistemas Administrativos da PRODAM, Paulo Saraiva. No momento do fórum, os participantes poderão, inclusive, falar sobre necessidades específicas de cada órgão parceiro, visando à inserção de novos serviços no sistema.

Por Três Comunicações