Manaus, 26 de Abril de 2017
Call Center: 0800-0922626 / (92) 2121-6490

PRODAM faz balanço do programa Amazonas Digital, em Café Científico

O diretor presidente da empresa Processamento de Dados do Amazonas S/A (PRODAM), Tiago Paiva, irá apresentar nesta terça-feira (30), o balanço Programa Amazonas Digital, que está em fase de expansão na capital e no interior. O programa é coordenado pelas secretarias estaduais de Planejamento (Seplan) e de Ciência e Tecnologia (SECTI) e  executado pela Prodam. A apresentação faz parte da programação do Café Científico, promovido pelo SECTI, no âmbito das comemorações da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. O evento será realizado às 19h, no Espaço Cultural Valer.

O programa Amazonas Digital permite o acesso gratuito à internet com velocidade de 2megabits nos pontos localizados em Manaus, através de aparelhos móveis como celulares, tablets e laptopscom capacidade para internet sem fio (Wi-Fi). De acordo com o diretor da PRODAM, o programa está na segunda fase de implantação, que inclui a expansão dos pontos de acesso para 235 escolas da rede estadual de educação, localizadas em Manaus. Deste total, nove unidades de ensino já receberam o sinal de internet. E já teve início, também, o processo de licitação, que permitirá a implantação do sistema nas demais unidades. A previsão é que o programa esteja em pleno funcionamento até o fim de 2013, em todas as escolas estaduais.

Tiago Paiva destaca que, no interior do Estado, 16 municípios já estão sendo beneficiados pelo programa. Até o fim de novembro, o Amazonas Digital também estará em total funcionamento nos municípios de Manicoré, Coari, Itacoatiara e Japurá, onde a instalação dos equipamentos teve início e a rede de internet encontra-se em fase final de testes.

Em Manaus, os usuários podem ter acesso à internet do Amazonas Digital em 30 locais diferentes, entre os quais, estão todas as seis unidades do Pronto Atendimento ao Cidadão (PAC), seis praças do Prosamin, sete centros de convivência da família e nove escolas. O programa está disponível em todas as zonas da cidade, com custo mensal de manutenção de R$ 250 mil, para o Governo do Estado.

Café Científico – O encontro foi planejado pela SECTI, como parte das comemorações da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, para funcionar como um bate papo, onde os participantes farão rápidas apresentações, cada um em sua área de conhecimento, sobre o tema: ‘Sociedade e Economia Verde’. No caso específico da PRODAM, o presidente irá apresentar os resultados do programa Amazonas Digital, além de falar sobre as os benefícios para a sociedade, principalmente, para os moradores dos municípios do interior do Estado, que podem contar com o acesso gratuito à rede mundial de computadores.