Manaus, 11 de Dezembro de 2017
Call Center: 0800-0922626 / (92) 2121-6490

População terá acesso à Internet sem fio, em todos os sete Centros de Convivência, do Governo do Estado, ainda neste mês


O Programa Amazonas Digital, gerenciado pela Secretaria de Estado de Planejamento (SEPLAN) em parceria com Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia (SECT) e executado pela PRODAM, será estendido a todos os Centros de Convivência do Governo do Estado. Os usuários do Centro Estadual de Convivência do Idoso (CECI), localizado na avenida Wilkens de Matos, s/nº, Aparecida, zona Sul, já podem acessar, gratuitamente, a internet wireless (sem fio) disponível na unidade. Até o fim deste mês, a população de Manaus também poderá utilizar o serviço em outros seis centros estaduais de Convivência da Família (CECF).

O programa Amazonas Digital é uma inciativa do Governo do Estado e tem o objetivo de facilitar o acesso do cidadão à rede mundial de computadores e a novas tecnologias, conforme destaca o diretor presidente da Processamento de Dados Amazonas S/A (PRODAM), Tiago Paiva.

Além de utilizar Internet gratuita em praças e nas unidades de Pronto Atendimento ao Cidadão (PAC), o manauara também poderá acessar Internet gratuita nos Centros Estaduais de Convivência da Família.

O diretor adianta que a PRODAM, órgão responsável pela implementação do programa no Amazonas, também irá disponibilizar o serviço, até o fim de março, nos seguintes centros: CECF Magdalena Arce Daou (Santo Antônio, zona Oeste); Pe. Pedro Vignola (Cidade Nova II, zona Norte); Mutirão (Amazonino Mendes, zona Norte); Maria de Miranda Leão (Alvorada, zona Centro-Oeste); André Araújo (Raiz, zona Sul); e CECF 31 de março (Japiim, Centro-Sul). Nestes locais, a ação conta com apoio a Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Seas).

No Centro Estadual de Convivência do Idoso, na Aparecida, onde o sistema já está em funcionamento, cerca de 30 mil pessoas, entre frequentadores e comunitários, serão beneficiadas pelo serviço, conforme ressalta o gerente administrativo do CECI, Marcelo Augusto Ramos. “Contaremos, inclusive, com o apoio dos técnicos da Prodam, para realizar palestras de orientação ao nosso público de idosos e aos acompanhantes, sobre como utilizar essa tecnologia”, antecipou. As palestras deverão ter início ainda neste mês.  

O Líder na Rede Amazonas Digital da PRODAM, João Guilherme, explica que os usuários dos centros de convivência poderão ter acesso livre e ilimitado à Internet com velocidade de 3 megabits, por meio de aparelhos pessoais com capacidade para internet sem fio (Wi-Fi). Ao localizar a rede wireless pelo celular, tablet, lap top,netbook ou qualquer outro equipamento móvel, o usuário deverá efetuar o cadastro, que é um processo simples. “Basta fornecer o número do CPF, nome de usuário e senha criada por ele mesmo”, afirma.

Tres Comunicação