Manaus, 11 de Dezembro de 2017
Call Center: 0800-0922626 / (92) 2121-6490

Prodam programa palestras sobre acesso à internet sem fio

A empresa Processamento de Dados Amazonas S/A (Prodam), do Governo do Estado, está programando uma série de palestras, nas áreas do Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus (Prosamim) que já foram contempladas com o programa Amazonas Digital, que fornece internet banda larga gratuita. Durante as palestras, os técnicos do órgão vão explicar como o sistema funciona, a área de abrangência – nas praças, a um raio de 200 metros – e colocarão à disposição dos moradores os telefones de contato do Serviço de Atendimento ao Cliente PRODAM (SAC-P), para que possam tirar todas as dúvidas e receber as orientações necessárias.

Veja aqui o raio de cobertura do sinal do Amazonas Digital nas praças de Manaus 

O SAC-P funciona 24 horas por dia e em todos os dias da semana. Os telefones de contato são: (092) 2121-6400; 2121-6452; 2121-6478; e 2121-6550. O serviço de internet banda larga está disponível nas praças do Prosamim das seguintes áreas: Igarapé de Manaus, Parque Jeferson Péres, Mestre Chico, Alvorada e São Raimundo. Também já está funcionando nas praças da Polícia e São Sebastião e nas seis unidades do Pronto Atendimento ao Cidadão (PAC’s), em Manaus. A iniciativa faz parte do Programa Amazonas Digital, desenvolvido pelo Governo do Estado, por meio da Prodam.

Nestes locais, utilizando qualquer dispositivo com capacidade para internet móvel (Wi-Fi), o usuário tem acesso livre e ilimitado à rede mundial de computadores, com velocidade de 2 megabits. O diretor presidente da Prodam, Tiago Paiva, explica que o acesso é simples e que a área de abrangência são as praças, em um raio de 200 metros. “O sistema não pode ser acessado de dentro de casa e nem da vizinhança. É restrito às praças, com o objetivo de servir à coletividade e nos espaços públicos”, ressalta. “Ao localizar a rede sem fio pelo celular ou qualquer aparelho com internet móvel, o próprio usuário realiza seu cadastro, fornecendo apenas o número de CPF, um nome de usuário e senha criada por ele mesmo”, observa.

Paiva adianta que a próxima etapa da implantação do Amazonas Digital, a ser executada ainda neste semestre, será a ampliação do serviço para os centros de convivência da família, em parceria da Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Seas).

Três Comunicação