Manaus, 19 de Novembro de 2017
Call Center: 0800-0922626 / (92) 2121-6490

PRODAM realiza campanha alusiva ao Dia Mundial de Combate à Aids

A PRODAM realiza, nesta quinta-feira (01/12), campanha do Dia Mundial de Luta contra a Aids. Colaboradores da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) e do Serviço Social realizarão uma blitz educativa, na entrada principal do prédio da PRODAM, rua Jonathas Pedrosa, no horário das 7h30 às 8h.

No local, serão distribuídos preservativos e folders educativos sobre as medidas de prevenção ao HIV/Aids. Os funcionários da PRODAM também vão receber alfinetes de lapela com a fita símbolo da luta contra a Aids.

De acordo com a Assistente Social da PRODAM, Helena Monteiro, o objetivo da campanha é sensibilizar todos os funcionários a respeito da prevenção de doenças sexualmente transmissíveis.

“No Dia Mundial de Luta Contra a Aids convidamos todos os colaboradores a participar desta campanha de prevenção, seja conversando com amigos, família e colegas de trabalho e, também, estando atentos com a exigência de que materiais utilizados por médicos, dentistas,  manicure, cabeleireiro etc. sejam esterilizados. Além de evitar comportamento de risco”, alerta Helena.

Aids no Amazonas

De acordo com números da Coordenação Estadual de DST/AIDS, o Amazonas acumula 7,5 mil casos da doença, desde o início da ocorrência dos primeiros casos no Estado, em 1986. Atualmente, cinco mil pessoas fazem o acompanhamento médico, psicológico e social nos serviços de atendimento especializados oferecidos pelo Governo do Amazonas. Desse total, 3,5 mil fazem uso da medicação.

Em Manaus, a Coordenação Estadual e Municipal de DST/Aids também vai realizar, no dia 1/12, uma blitz educativa na esquina da Pedro Texeira com a Constantino Nery, das 16h às 18h. Em seguida, a coordenação da campanha faz ato simbólico com a instalação de um laço vermelho, símbolo da luta contra a doença, em prédios e monumentos em áreas de grande movimentação na cidade.

Nos municípios do interior do Estado, a campanha também contará com a distribuição de material informativo e a realização de testes rápidos para HIV nos mais de 40 Centros de Testagem e Aconselhamento, instalados em unidades de saúde.

Origem

O Dia Mundial de Luta Contra a Aids foi criado para relembrar o combate à doença e despertar nas pessoas a consciência da necessidade da prevenção, aumentar a compreensão sobre a síndrome e reforçar a tolerância e a compaixão às pessoas infectadas.

Foi a Assembléia Mundial de Saúde, com o apoio da Organização das Nações Unidas (ONU), que instituiu a data de 1º de dezembro.